Futurobi online dating

Se já é difícil fazer boa Ciência, imagine em um ambiente que não permite experimentos, como uma empresa.O truque – que, me parece, cada um precisa aprender sozinho – é saber navegar o dia-a-dia da organização, atingindo expectativas, com um olho no futuro e outro no passado.

Eu sinto, porém, que há um último tópico a ser “passado a limpo”: a confusão entre o meio e a meta.

A cultura de BI que experimentamos hoje, tal qual uma nuvem, suaviza os contornos da realidade e dá muita relevância às ferramentas, tendendo a deixar de lado o aspecto científico (=do conhecimento.), que é justamente o como as análises criam valor.

E o mais complicado dessa situação é que ela não é óbvia.

Até mesmo por isso é que BI é um apoio para a estratégia da empresa. :-) Eu queria que o primeiro post do ano trouxesse algo mais fundamental, mais na raiz do sucesso de projetos de BI, seja você da área de negócios ou TI.

(O que me leva mais uma vez ao argumento contra BI em tempo real. E, sucesso, é ajudar a organização a crescer e se manter.

Leave a Reply